Queremos ser uma Eco-Freguesia

O que é uma Eco-Freguesia?

O título de Eco-Freguesia XXI é atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) às freguesias que demonstram, preocupações de sustentabilidade ambiental, social e económica, traduzidas em ações concretas.
A candidatura ao galardão Eco-Freguesia XXI decorre durante 2020  e refere-se às atividades desenvolvidas durante 2019 e 2020.


Em que áreas deve atuar uma Eco-Freguesia?

Existe um conjunto de requisitos que a Freguesia deve cumprir para ser reconhecida como Eco-Freguesia XXI.
Abaixo descrevem-se de forma sintética esses critérios (indicadores), bem como o que se pretende em cada um deles :

1| Educação para a Sustentabilidade.
    – ações de capacitação e educação para a sustentabilidade, quer junto dos colaboradores da Junta quer na população.
2 | Gestão Ambiental: Energia, Água e Resíduos
      – adoção de padrões de consumo mais sustentáveis, incentivando boas práticas de gestão ambiental nos serviços da Junta.
3 | Mobilidade e Transportes
      – promoção de condições de acessibilidade e mobilidade mais equilibrada, inclusiva e sustentável indo ao encontro das necessidades da população.
4 | Espaços Públicos
   – zelar pela qualidade e manutenção dos espaços públicos adotando práticas de higiene e equipamentos, mais sustentáveis.
5 | Biodiversidade e Espaços Verdes
     – conhecer e valorizar a preservação da biodiversidade, o património natural e a agricultura familiar.
6 | Informação e Participação Pública
     – privilegiar a comunicação entre a Junta de Freguesia, residentes e público em geral, no sentido de dar a conhecer o trabalho desenvolvido, incentivando à participação ativa de todos nas iniciativas que promove.
7 | Serviços de Proximidade
     – servir a população proporcionando serviços que contribuem para o incremento da sua qualidade de vida (ex: apoio a familias, joven, idosos, serviços descentralizados, etc.
8 | Animação Socio-Cultural
      –  dinamizar a freguesia através da oferta de atividades de caracter cultural, recreativo, desportivo e outras visando o fortalecimento da dinâmica associativa e o desenvolvimento social.
9 | Promoção do Desenvolvimento
     – promover o desenvolvimento do território e a criação de emprego pautando-se pela equidade social (promoção do emprego, empreendedorismo, etc.).
10| Visão do Desenvolvimento
       – identificar as principais linhas de orientação estratégica da Freguesia em termos de sustentabilidade.

 

Quais os objetivos do Eco-Freguesias XXI?

– Difundir os conceitos de Eco-Freguesia, Eco-Aldeia, Eco-Bairro, Eco-Escolas e Eco-Família;
– Valorizar e incentivar os processos de cidadania participativa;
– Motivar os dirigentes das Juntas de Freguesias e os outros atores locais, para a importância do seu papel como agentes do desenvolvimento sustentável ;
– Envolver as freguesias no apoio à implementação de programas de Educação para o Desenvolvimento Sustentável;
– Reconhecer as iniciativas/práticas/políticas em desenvolvimento na freguesia em prol do ambiente/desenvolvimento sustentável;
– Contribuir para o envolvimento das freguesias na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, particularmente o nº 11 (comunidades sustentáveis).

Saber mais aqui

Foros de Arrão é Eco-Freguesia?

Foros de Arrão implementa já um conjunto de iniciativas que são requeridas pelo Programa Eco-Freguesias XXI.
Atualmente decorre essa candidatura. Só em 2021 saberemos se vai ser possível hastear a bandeira Eco-Freguesias XXI atribuída pela ABAE.

O que significa a bandeira Eco-Freguesias XXI?
A bandeira Eco-Freguesia XXI assinala o facto de a candidatura da freguesia no biénio a que se refere, ter tido uma avaliação positiva (superior a 50%) nos diversos aspetos (indicadores) avaliados.

Qual o papel do cidadão?

O papel das pessoas é fundamental em vários aspetos,  quer na participação nas iniciativas promovidas pela Junta quer enquanto cidadãos intervenentes que zelam pela qualidade de vida na Freguesia
Nas escolas com o envolvimento das crianças e jovens bem como dos professores e funcionários no sentido de implementar e divulgar boas práticas individuais e coletivas por exemplo na área da separação de resíduos, poupança de água e energia ou proteção da biodiversidade.
Nas empresas, promovendo ativamente uma boa gestão ambiental e apoio social aos colaboradores.
Na freguesia, envolvendo e informando do funcionários. (ver Eco-Funcionários)

Comments are closed.

Close Search Window